Borrachas para Aparelho Ortodôntico Niterói, Rio de Janeiro

Esta página disponibiliza informações sobre quais os motivos principais para usar um aparelho ortodôntico, que tipo de avaliação se deve fazer antes de usar um aparelho, os problemas oclusais além de uma lista de empresas e profissionais especializados no assunto na cidade de Niterói. Encontre abaixo empresas e profissionais da região de Niterói que oferecem diversos produtos e serviços relacionados e ainda esclareça suas dúvidas sobre quais problemas são mais comum de pessoas que querem usar um aparelho ortodôntico.

Carmem Lúcia da Costa Oliveira
(21) 2609-8252
Estrada Francisco da Cruz Nunes 1181 sl 202
Niterói, Rio de Janeiro
 
Consultório Dra Hélida de Carvalho Parrini Frazão
(21) 2610-3555
Rua Gavião Peixoto 182 s 704
Niterói, Rio de Janeiro
 
Ana Carolina Paiva Mendonça
(21) 2613-6531
Rua Conceição 188 s 2501B
Niterói, Rio de Janeiro
 
Carla Cristina Lourenço Gomes
(21) 2616-5328
Estrada Caetano Monteiro 818 s 207
Niterói, Rio de Janeiro
 
Renata Simões Moraes
(21) 2610-0705
Rua Otávio Carneiro 100 s 1014
Niterói, Rio de Janeiro
 
Erivelto Silva Martins
(21) 2714-6439
Rua Doutor Tavares de Macedo 95 s 1113
Niterói, Rio de Janeiro
 
Amendoina Menezes Esteves Fernandes
(21) 2719-7111
Avenida Ernani do Amaral Peixoto 55 s 706
Niterói, Rio de Janeiro
 
Consultório Dr Adherbal Salles Filho
(21) 2704-4376
Rua Miguel de Frias 77 s 1116
Niterói, Rio de Janeiro
 
Ana Cláudia Peralva Pimentel
(21) 2717-6173
Avenida Ernani do Amaral Peixoto 71 s 516
Niterói, Rio de Janeiro
 
Consultório Dr Pedro e Dra Marize
(21) 3602-2042
Rua Gavião Peixoto 182 s 508
Niterói, Rio de Janeiro
 

Aparelho Ortodôntico… eu quero!

Todo adolescente que tem dentes quer usar aparelho. Veja bem , eu disse que “ quer “, não que “precisa”. Temos que admitir: tá na moda. Nem todo desconforto do mundo é capaz de tirar a graça de trocar a cor das borrachinhas todo mês. :)

Uma de cada cor! :)

Sempre que um paciente vem ao meu consultório com a intenção de começar um tratamento ortodôntico a primeira pergunta que eu faço é: “Por que você quer por aparelho?” Até dou umas opções de resposta, porque quase sempre o cara fica mudo ou diz que é porque o dente dele é torto. Acho importante saber o motivo dele ter me procurado… dentes tortos? Algum tipo de dor? Outro dentista sugeriu? Está sendo alvo de bullying na escola? Todo mundo tem e você também quer?

Na avaliação inicial procuro explicar para o paciente que tipo de problemas oclusais ele possui, e SE os possui. Acho essencial. O paciente precisa entender qual o problema dele, principalmente se não for um problema assim tão óbvio para um leigo. Quando os dentes são muitos tortos, é mais fácil enxergar a ação do aparelho ortodôntico durante o tratamento. Mas quando o problema é essencialmente oclusal e a estética é relativamente boa, não é incomum ouvir que “… o doutor só fica trocando as borrachinhas, não faz mais nada!” :o

Os problemas oclusais têm muitas causas. O mesmo problema, inclusive, pode ter diferentes motivos pra existir. Por isso, só uma avaliação individual pode responder perguntas mais específicas sobre COMO uma má oclusão se instalou. Mas, estando presente, pode se apresentar de várias formas. Os problemas mais comuns de quem chega procurando um tratamento ortodôntico são:

  • Mordida cruzada: é história da tampa e da panela (mesmo pra quem nasceu frigideira) :D . Pense na tampa como os dentes de cima e na panela como os dentes de baixo. Os dentes de cima devem vir “por fora” dos dentes de baixo quando você morde. Quando isso não acontece em qualquer lugar do arco, quer dizer que a tampa é menor que a panela, ou seja, os papéis se invertem. Essa é a mordida cruzada, que pode trazer problemas de ATM (articulação temporomandibular), principalmente se for unilateral.
  • Mordida aberta anterior: está presente quando os dentes da frente não se encostam na hora de morder. A pessoa só morde com os dentes do fundo. Como causas frequentes podemos citar os hábitos de sucção infantis ( dedo e chupeta ) e a respiração por via bucal (a pessoa que troca o nariz pela boca na hora de respirar).
  • Mordida aberta posterior: é o contrário. A pessoa só morde com os dentes da frente. Não é muito comum.
  • Mordida profunda: é quando a tampa “esconde” a panela. Os dentes anteriores de cima cobrem os de baixo, e a pessoa morde mais “fundo” do que deveria.
  • Apinhamento dentário: dá-se quando o espaço disponível para os dentes nascerem é limitado, então os dentes ficam todos tortinhos, uns em cim...

Clique aqui para ler este artigo em Medo de Dentista